domingo, 31 de maio de 2009

Menestrel

Postado por MissHachi7 às 02:19 0 comentários
Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas.Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la…E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.
William Shakespeare

Aquecimento Global

Postado por MissHachi7 às 01:52 0 comentários
Qual é a desses IDIOTAS que ainda não se tocaram que moram no planeta que estão destruindo??
Por que ninguém ainda pareceu notar que está destruindo a própria casa, que não vai NUNCA poder comer notas e moedas??
Será que é mais prazeroso para eles respirar CO2 e metano do que ar puro?
Será que é melhor ver o cinza e negro das cidades poluídas do que ver o espetáculo colorido oferecido gratuitamente pela natureza?
SERÁ QUE É MELHOR PENSAR QUE SEUS FILHOS PODEM ACORDAR EM UM BERÇO DE OURO, DO QUE PENSAR QUE ELES PODERIAM ACORDAR E OUVIR O CANTO DE PÁSSAROS??
Sinceramente, se as respostas são "sim, sim e sim", eu sinto muito.
Sinto muito por ter que dividir minha morada com esses seres inferiores, que são egoístas, ignorantes, mesquinhos e egocêntricos.
Sinto muito por nosso planeta ser povoado por gente tão homogênea e sem coração.
Sinto por pensar em todas as novas vidas, que vão se decepcionar com o lixo que sobrou pra elas.
Mas estou satisfeita por poder comprovar com todas as respostas do mundo, a famosa frase de Albert Einstein:
A natureza, quando agredida, não se defende. Se vinga.

Teorias

Postado por MissHachi7 às 01:39 0 comentários
... ... ... ...
... ... ... ...
... ... ... ...


Conclusão: sou uma tremenda de uma sem noção que não consegue nem ajudar quem ela mais ama. ¬¬

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Irmãos

Postado por MissHachi7 às 21:31 0 comentários
Uma das relações mais impressionantes no mundo é a relação entre irmãos. Tenho uma amiga que fala as melhores para o irmão dela. Por exemplo, uma vez ela estava no PC tranquilamente, quando o seu irmão irrompe pela porta:

Irmão: Amarílis?
Amarílis: Sim, ser inferior de um mundo paralelo ao meu, possuidor de um DNA repulsivo... Posso te ajudar?
Irmão: Hã.... deixa pra lá.

Essa foi arrasante, mas tem outras que eu também gosto muito, como:

Irmão: Oi, Amarílis.
Amarílis: Sai do meu quarto.
Irmão: Não.
Amarílis: Sai AGORA.
Irmão: Não vou sair.
Amarílis: SAI senão eu te taco a TV!!!
Irmão: Fui.
Amarílis: DNA repulsivo.


Ah, o amor entre irmãos...

Crianças

Postado por MissHachi7 às 21:25 0 comentários
Eu fico admirada vendo crianças brincando. Hoje presenciei uma discussão que me fez rir:

Criança 1: ME deixa jogar.
Criança 2: Não.
C1: ME deixa jogar senão eu rasgo essas pecinhas agora!!
C2: Não vou deixar não, se você rasgar eu conto pra Mamãe!!
C1: Sua mãe não vai fazer nada, ela também não gosta desse jogo!
C2: CAla a boca!!
C1: CAla vocÊ!!

(Crianças rolam no chão atracadas pelos cabelos; param ofegantes)

C2: Tá, tá, eu deixo você brincar, mas as regras são assim: Se eu ganhar, eu jogo de novo. Se você ganhar, é minha vez.
C1: Tá bom, mas eu começo.


Aiai. São seres adoráveis.

Piadinhaa

Postado por MissHachi7 às 21:19 0 comentários
F: Mãe, por que é que as pessoas da nossa família morrem de repente? MÃE??
M: Eu estava brincando, filho. FILHO???



Eu ri.

Barata

Postado por MissHachi7 às 21:01 0 comentários
Com tantas inovações e tecnologia e o escambau dos dias hodiernos, é INCRÍVEL que ainda não tenham descoberto uma forma de acabar com as baratas que FICAM DENTRO DE CASA.
Claro, eu sei toda aquela disciplina sobre equilíbrio ecológico, decomposição e etc. Mas acho que não estou falando só por mim quando digo que INSETICIDA não está matando nem mosquito mais.
O QUE que custa criar uma... sei lá... BARREIRA INVISÌVEL???
Um baraticida QUE PRESTE pra matar barata?
Sinto muito, mas barata é um bicho desgramado, que não morre nem depois de três chineladas. E, como todos sabem, se houvesse uma explosão nuclear ou coisa do gênero por aqui na TERRA, ELAS seriam as únicas sobreviventes. ¬¬ Que droga.
Não é nada pessoal, baratinhas... é só que... eu tenho NOJO de vocês.
T +

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Pensando alto

Postado por MissHachi7 às 17:52 0 comentários
Olá!
Eu estava escutando uma música muito linda (e um pouco ultrapassada também, mas continua sendo linda!) da banda Simple Plan - Welcome to my life.
Achei muito interessante obervar como se parece com a MINHA vida. E pensei em como existem músicas que se tornam quase hinos de nossa rotina.
A música é algo tão importante que serve como técnica mnemônica (para memorizar as coisas, especialmente a Tabela Trigonométrica, no meu caso), como diversão, trabalho e trilha musical para momentos especiais (primeiro beijo, primeiro encontro, primeiro fora... essas coisas.).
Cheguei à conclusão de que o caminho mais rápido pro coração não é a aorta, apesar de meu professor de Biologia insistir nisso. É a sensibilidade, que nos toca mais fundo e mais suavemente ao mesmo tempo.
Beijos (8)

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Ufa...!

Postado por MissHachi7 às 14:16 0 comentários
Sabem, insignes,
eu achava que era só comigo que acontecia. O professor começa a explicar, e está tudo bem. Só que, bem devagar, alguns ignóbeis começam um zunzum lá no fundão, e logo estão atrapalhando a compreensão do conteúdo e atirando bolinhas de papel nas minhas costas (especialmente gritando depois:"Foi mal!").
Mas andei procurando por pessoas com pensamentos semelhantes aos meus, e descobri que ainda existem pelo mundo muitos idiotas que não se ligam na matéria e fazem questão de atrapalhar os que querem ter algum futuro acadêmico promissor.
Se você pensa como eu, ou não, na verdade não há o que fazer... É mais fácil mudar os outros, claro, do que mudar a si mesmo, mas se todos tentassem prestar mais atenção na aula e deixar os que querem entender a matéria em paz, das duas uma: ou se aprende também, ou se tiram alguns inimigos de sua lista negra, pois os nerds agradecem...
Beijos

Recado dispensável

Postado por MissHachi7 às 00:05 0 comentários
Caros leitores,
Sinto informar-lhes que minha carga horária reservada para estudos me impede de recitar mais vezes, regularmente, as minhas geniais, magníficas, esplêndidas, completas e humildes concepções sobre o mundo e suas ramificações específicas.De qualquer forma, estou aqui, e viva por enquanto, portanto continuemos no nosso rol de idéias.Da última vez em que marquei presença por aqui, posso dizer que não estava no meu melhor humor, nem na minha melhor desenvoltura intelectual, de forma que o assunto discorrido foi deveras dispendioso, tanto em questão de tempo, quanto em questão de não ser mentalmente estimulante. Assim sendo, não vejo porque não falar sobre algo que não seja tão envolvido com a atualidade. A atualidade, os dias hodiernos não me interessam. Os dias inventados são muito melhores do que os dias vividos. Alguma dúvida? Coloquemos em questão C. S. Lewis, um dos maiores autores de fantasia, na minha opinião (e, modéstia à parte, minha opinião deve ser levada em conta. Tenho em meu currículo leitura suficiente para pirar um colegial mal-preparado), que criou, em Nárnia, um mundo que me fez desejar não estar na Terra, mas fora dela, em qualquer outro lugar em que viajar não fosse tão aliado à drogas ou álcool. Outro autor em que me firmo para desejar mundos fantásticos é Gregory Maguire, que faz o mal parecer tão próximo e intrínseco no bem, que nos confunde sobre qual é qual, e nós repensamos conceitos.Creio que os leitores assíduos de livros desse gênero conseguem ter uma mínima noção do meu ponto de vista, senão toda a possível. Leiam mais, façam um favor a si próprios. Além de uma atividade saudável, é um passatempo divertido e instrutivo.Como dizia a psicóloga pirada,
Beijos, lindos!!

domingo, 24 de maio de 2009

Chegando ^^

Postado por MissHachi7 às 23:29 0 comentários
Olá, pessoas!
É a primeira vez que apareço por aqui. Talvez ninguém leia isso. Talvez eu esteja apenas escrevendo por escrever. Mas escrever é uma das minhas paixões, então não me importo de ser ignorada (já acontece bastante, na verdade).
Espero poder falar dos mais variados assuntos, sempre com minha forma meio crítica de observar o mundo (o mundo me critica, eu o critico também. É um modo simples de se refletir ações).
Como uma neófita, não sei bem sobre como começar, e como não acho que receberei qualquer idéia nos primeiros dias, farei uma reflexão antes de dormir hoje, para pensar no que escreverei na próxima semana.
Claro que se, contrariando minhas [nada felizes] expectativas, alguma viv'alma quiser dar uma idéia, é muito bem vinda. Na verdade, seria muito cômodo, também, e reforçaria minhas desconfianças sobre a globalização... However, já é hora de acabar essa postagem (está ficando chata e comprida. Nunca gostei de coisas prolixas, mas às vezes me contrario em meus próprios princípios).
Beijos,
Aline Pink
 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review