sábado, 30 de janeiro de 2010

Postado por MissHachi7 às 21:35 1 comentários
Caraca, tô com medinho das aulas. É, uma declaração insólita para alguém que nunca passou por experiências muito traumatizantes no ambiente escolar...
Quer dizer, teve aquela vez que um guri avulso da sexta série jogou borracha no meu cabelo...
Aquela em que uma menina tensa me ameaçou com um grupo enorme de caras enormes...
E aquele dia em que o Luiz me chamou pra pizzaria, foi muito ruim, eu achei cruel...
E quando a psicóloga me disse que eu não deveria querer explodir a escola (mas essa já faz tempo)...
E aquela vez que eu caí no meio do ônibus...
Tá bem, acabo de concluir que tenho, sim, motivos pra detestar períodos escolares!!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Quem sou eu

Postado por MissHachi7 às 14:37 0 comentários
   Quem sou eu... Engraçado... Eu parei para pensar nisso hoje. 
   Sim, precisei parar. Andar e pensar ao mesmo tempo é sobrecarga.
   Mas quando tento me colocar em palavras, simplesmente fujo da realidade. 
   Bom, não que eu não goste de mim. Na verdade, até gosto. Tudo bem, eu me amo. Pra caramba.
  Chego a ser narcisista. Ei, é um bom começo. Quem sou eu? Uma narcisista.
  "Uma garota de 15 anos que de tanto tentar se entender, se apaixonou por si mesma." - ah, não.
  Muito... como dizer? Muito ECA. Certo... hã... aqui vai:
  Uma adolescente indecisa que descobriu que gostava muito de conversar consigo mesma. Uma egocêntrica irreversível. E, adivinhem? É uma nerd detestada, muito provavelmente por sempre demonstrar sentir menos do que realmente sente. Uma mente tempestiva, que não para um segundo para considerar hipóteses, antes de falar. O tipo errado de garota certa? 
   Um pedaço da infinidade de pessoas imperfeitas desse planeta. 
   Um bom aviso. 
   A peça do quebra-cabeça que nunca acha seu lugar.
   Uma pessoa que consegue se perder no meio de suas ideias, mas que também se acha muito...
   Aquela coisinha chata que entra na cabeça de quem ouve demais...
   Uma voz doce demais, que diz palavras um pouco ácidas....
   Céus, posso me resumir numa bala de limão.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Quem sou eu?

Postado por MissHachi7 às 01:19 0 comentários
Quem sou eu?Hã... Tá, eu sei que deveria saber.Sei que, por me auto-aturar 24 horas por dia, deveria saber me resumir pelo menos para um perfil do orkut.Mas, céus, como é difícil. Palavras, só isso... mas não consigo escolhê-las!Elas vêm à tona muito facilmente... mas não conseguem se selecionar. Todas podem me colocar numa enrascada... É, tentar pescar palavras da minha própria mente é algo próximo à uma Roleta Russa...Mas claro, eu não desisti ainda. Como diria Lady GaGa, "Roleta Russa não é a mesma coisa sem uma arma", mas, sinceramente, prefiro minha escolha. E todos os Ministérios advertem: não é tão foda.Pensar em coisas coerentes às 00:35h. Isso sim é foda. Mas, vejam só: é o que estou fazendo!Então, tudo bem.Vou dormir um pouco, restabelecer as sinopses entre os meus neurônios e depois volto a tentar formar uma frase.

domingo, 17 de janeiro de 2010

Quem sou eu? Quem é tudo?

Postado por MissHachi7 às 00:23 0 comentários
As várias nuances que tenho de mim não me parecem suficientes para traçar algo definido. Tento me aperfeiçoar a cada instante, e uma definição absoluta em pouco tempo seria ultrapassada.Claro que isso cabe a todas as pessoas [pelo menos às de constante expansão intelectual], então não é algo propriamente exclusivo. De certa forma, nada é exclusivo. As pessoas costumam repetir: "Nada se cria, tudo se copia", mas essa frase à Lavoisier me soa tão limitante, que me esforço para contrariá-la.Mas me descobri em uma situação incômoda. Não há mais o que se criar. Acreditem.Esqueçam a área da tecnologia. Eu queimaria minha língua se tentasse fazer essa afirmação num espaço tão criativo e mutante como esse.E, claro, estou constantemente engolindo minhas próprias palavras. Dizer que não há mais o que se inventar é aceitar a limitação como algo intrínseco na espécie humana. É provar que não se tem ideia das inovações de que já fomos prova, das que nunca vimos antes e das que ainda veremos... Sinto, dizer-lhes, caros pessimistas espalhados mundo afora, mas acredito piamente na humanidade e na sua capacidade de se fazer nova a cada instante, na sua constante mutação e nas implicações [boas ou más, e seja o que Deus quiser] que possam haver nas mesmas.Eu creio nessa polaridade positiva...

domingo, 10 de janeiro de 2010

Lembrança

Postado por MissHachi7 às 21:06 0 comentários
Ah, as coisas mais belas da vida... as fugidias, insanas e modestas lembranças que trazemos de aventuras passadas ao lado de amigos queridos...São memórias prazerosas, daquelas que tentamos represar para apreciar aos poucos... Ou para não lembrar nunca, ou por muito tempo... Ah, as memórias... As provas de que tudo o que vivemos foi real... Que a nossa vida tem momentos bons, valiosos... Lembranças... São aqueles pedaços de tempo que conseguimos congelar. Aquelas sensações lindas e revigorantes, que talvez nunca mais sintamos, passam a ser arquivadas num lugar que não acumula poeira...Só lembrar... de como fomos felizes e do quanto precisamos da felicidade... De como ela participou tão ativamente em nosso passado e o quão necessária ela é para o nosso futuro. Então... vamos nos lembrando, mas vivendo. Quem vive de passado é museu, quem o esquece simplesmente não é humano. As coisas boas da vida passam rápido, mas não precisam nos levar com elas... podemos ficar com sua essência bem perto de nós... Ah... Lembrança... Eu me lembro...
 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review