quinta-feira, 21 de junho de 2012

Entre dois amores

Postado por MissHachi7 às 01:02

        Há três anos eu conheci uma foto. Nessa foto eu vi tudo o que eu nem sabia que queria. Foi paixão no mesmo momento, não fazia idéia de que um dia conheceria aquele cara pessoalmente, mas de alguma forma meu coração já ficou preso ali. Naquele rosto lindo, naquele sorriso... Quando enfim o conheci pessoalmente, minha vida passou a girar em torno daquele sol. Precisava mudar muitos dos meus hábitos, grande parte da minha rotina para poder acompanhá-lo, e estar por perto, mesmo de longe. Minha faculdade era noturna, ele trabalhava à noite. Então entrei com toda a papelada para mudar meu turno, e poder trabalhar no mesmo lugar e horário que ele.
      Só consegui vencer toda a maldita burocracia depois de 15 dias, e quando finalmente comecei a trabalhar lá, soube que uma semana antes, ele havia se demitido. Aquilo me encheu de uma raiva impotente. O que eu poderia fazer? Continuei firme, por fora. Em casa, na segurança da minha cama, chorava todas as noites, por não tê-lo, por não ter como estar ao seu redor.
      Mesmo nessa agonia, minha vida não podia parar. Na faculdade, conheci um garoto incrível, de um outro curso. Ele também era muito lindo, divertido e que me cativou muito rapidamente. Eu estava gostando de dois caras. Não sabia bem qual tinha um pedaço maior do meu coração...
      Esquecendo meu coração partido e minha timidez, fui falar com o garoto da faculdade. Disse que gostava dele e pedi que ficasse comigo. Ele, muito gentilmente, explicou que estava num relacionamento sério, mas que mantivéssemos a nossa amizade. O que foi um alívio, de certa forma.
       O meu grande amor, o primeiro... me decepcionou muito. Alguém lhe contou que eu tinha essa paixão, e ele me bloqueou no MSN, excluiu do Facebook, e me ignora claramente o tempo todo. Isso é tão frustrante! Afinal, eu sinto que gosto muito dos dois... Mas um foi tão compreensivo com todo o meu nervosismo e minha insegurança, e apesar de ter mostrado que não ficaria comigo, fez com que eu me sentisse ainda melhor em relação a ele... e o outro fugiu! Essa confusão me tira do sério, mas como decidir? Escolher quem cuidou bem de mim mesmo sem me escolher ou quem nem quis me ouvir?

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review