segunda-feira, 4 de junho de 2012

Meu mano.

Postado por MissHachi7 às 22:19
       Conversar com meu irmão está se tornando cada vez mais divertido. Claro que, se eu considerar nossa relação, digamos, seis anos atrás, qualquer coisa é amor puro e destilado – bons tempos em que costumávamos correr um atrás do outro, portando objetos cortantes, perfurantes ou simplesmente pesados. Agora já temos uns papos tão animados que eu sinto que meu melhor amigo é esse mala sem alça, o Álisson. 
       É muito engraçado admitir que a única pessoa que me dá bons conselhos sobre amor é meu irmão mais novo. É engraçado ver que a única pessoa com que eu tenho vontade de conversar depois que eu volto dos meus [invariavelmente frustrados] encontros, é esse cara. Afinal, meu irmão sabe bem o quanto eu já me dei mal nessa vertente da vida, e acho que ele tem até pena de mim. Mas já passamos tantas madrugadas conversando (geralmente, eu falando e ele ouvindo), que me deixa até chateada quando nos desentendemos. 
        É o único que me anima nos dias em que eu acordo respondendo "bom dia por quê?" pra todo mundo. Que me faz rir mesmo quando estou querendo chutá-lo até os portões do inferno. Que faz desenhos pra mim, que consegue me derrubar com cosquinhas. É o cara que me diz que eu estou linda quando eu acordo descabelada e com olheiras. É bárbaro, é amigável, é 17 dibs, é amigo dos meus amigos.
       Além do mais, eu precisava mesmo parar de brigar com ele. Depois que ele ficou 20cm mais alto que eu, e muito mais forte, as chances de eu vencer uma disputa braçal caíram enormemente.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review