segunda-feira, 18 de junho de 2012

Sem respostas

Postado por MissHachi7 às 17:37
         Não nos lembramos do que ocorre nos cinco minutos que antecedem a troca de estados de consciência. Isso explica o motivo de não ser muito fácil lembrar de ter deixado seu irmão pegar seu notebook emprestado, ou sua irmã usar sua maquiagem... se eles pediram isso quando você estava indo dormir. 
         O sono é, na minha opinião, o melhor estado alterado de consciência. Quer dizer, não é o máximo? Você viaja MUITO e não causa danos ao cérebro, nem aos pulmões, nem ao fígado. Aliás, na verdade você melhora seu desempenho neurológico, já que dormir significa processar dados recolhidos durante o dia de forma a armazená-los na memória de longo prazo. Eu adoro quando essas coisas boas de fazer também são saudáveis. 
          Enfim, não faz diferença agora. Eu só queria comentar uma coisa: sabe aquele mesmíssimo ponto de pseudo-consciência, em que você está quase sonhando mas ainda não está? Enfim, nesse momento, você sente que tem grandes revelações sobre o mundo, compreende qual a pergunta para a resposta "42", descobre qual a sua missão nessa vida, lembra do número do telefone daquele amigo que não vê há séculos, entende aquela piada que te contaram mais cedo, resolve todos os problemas da sua cidade... e quando acorda, não faz nem ideia do que foi tudo aquilo. 
          Eu tinha decidido que nunca mais passaria por esse tipo de frustração de novo. E levei um bloquinho de anotações comigo na hora de dormir. De novo, senti o meu caos finalmente dando boas respostas, explicações, ideias... e anotei tudo! Cada palavra que me ocorria, cada boa teoria... FINALMENTE - pensei, congratulando-me - vou descobrir que tanto de viagem era aquela pra me deixar tão animada! E de manhã, não entendi porcaria nenhuma da minha letra. 
         O Universo ainda é um mistério pra mim.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review