terça-feira, 18 de setembro de 2012

Perdida de leve

Postado por MissHachi7 às 20:47
Aquele momento em que você quer responder a uma pergunta simples mas não tem nada em mente. 
"O que você vai fazer da sua vida agora?"
Imagine uma pessoa confusa e com medo. Agora acrescente-lhe uns 50kg, e eis minha pessoa! Não sei mesmo o que vou fazer agora... 


      Mas se formos pensar de uma forma holística, ninguém realmente sabe o que vai fazer. Algumas pessoas já se convenceram do que é melhor, do que seria mais adequado e sabem bem o que querem fazer - mas nada disso implica em saber, de fato, o que se vai fazer. É uma das partes mais confortáveis da lida com seres humanos: são todos muito homogêneos em sua heterogeneidade. Eu explico.
     Todos se esforçam tanto para serem diferentes uns dos outros, que o esforço acaba indicando um caminho que muitos têm percorrido. Eu acho que devo estar nessa pista também, mas como eu sei que estou fazendo isso, a culpa é bem maior. Culpa não, responsabilidade.
     Tenho um prazer tão macabro em contrariar a opinião geral que talvez a melhor forma de continuar fazendo isso seja passar a concordar com a opinião geral. Todo mundo anda tão tentado a inovar e ser diferente, que o diferente é encontrar alguém comum!
     Dessa forma, ninguém sabe de verdade o que está fazendo com a própria vida (muito menos saber fazer projeções válidas de seu futuro. A falta de habilidades psíquicas é uma das minhas frustrações, também...), tem mais é seguido padrões de comportamento, ideias de mídia, cabeça dos outros. Não que eu ache isso errado, afinal, não me considero alguém externo a esse movimento todo. 
     Mas que é meio sem graça, é sim. Eu adoraria poder saber que estou de fora, que estou andando na contramão, com faróis apagados e em alta velocidade. No entanto, cá estou, fazendo a única coisa que faço bem: reclamando!
      Cá entre nós, estou fazendo minha parte: fazendo cursinho, estudando e ajudando quem precisa também. Estou dando meu melhor, sem me preocupar com projeções, estatísticas ou probabilidades. Vou vivendo com cuidado e atenção, mas sem preocupação obsessiva. 
     Resumo: pare de me perguntar o que eu farei com a minha vida! Faça como eu, aguarde e confira...

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review