quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Ciumentos

Postado por MissHachi7 às 22:44


Sempre que sinto ciúmes (aproximadamente duas vezes por dia, com duração de 5 horas cada crise, coisa pouca), minha polipolaridade manifesta-se em interessantíssimas discussões. Assim, decidi compilar alguns momentos marcantes das reflexões e picuinhas de hoje.
                - Ciumentos: são somos a pior espécie de psicopata vivente. Afinal, nada melhor do que alguém cego de ciúme para cometer os famosos (e assustadoramente freqüentes) crimes passionais, fora todo tipo de desconforto que ser perseguido pode gerar.
                - Se, cada vez que o alerta mental para traição de um ciumento fosse acionado, um sinal sonoro muito intenso começasse a soar:
                a) Nunca mais saberíamos o que é silêncio no mundo.
                b) As vítimas Os objetos do ciúme poderiam perceber mais facilmente que estão gerando implosões na alma do ciumento.
                c) Poderíamos ser condenados por crime ambiental (poluição sonora).
                d) Passaríamos vergonha e no fim não faria a menor diferença.
                - O que seria mais simples para resolver nossos problemas seria uma franqueza quase rude: “Olhe, você está aí encarando meu namorado há quase dois minutos. Algum problema? Se sim, desembuche que eu resolvo. Se não, rasga daqui ou vai conseguir um.” – Claro que a afabilidade e a doçura mandam um abraço para quem costuma aderir a essa solução. Mas todo ciumento sonha em dar um passa-fora algum dia.
                - Eu deveria me envergonhar de sentir ciúme. Se nosso amor é recíproco, confiança veio no pacote, certo? E quem me ama nunca me trairia, enganaria, menosprezara, ignoraria ou trocaria. Daí, conclui-se que eu não preciso querer pisar em todos os que se aproximam dele sentir ciúme, nem ficar policiando tudo, vigiando e desperdiçando meu precioso tempo com stalk amador. É só tentar maneirar com a psicose e seguir em frente. Teoricamente, lógico.
                - Por um lado, todo ciumento tem um talento secreto para descobrir qualquer coisa que queira. No entanto, obviamente essa só é uma boa notícia para nós. Por outro lado, todavia, alguns alvos objetos de ciúme também são exímios encobridores de tretas. No fim, estamos empatados.
Só para constar, antes de uma ciumenta doente, sou uma pessoa que ama muito. E devo ressaltar: não importa o tamanho do seu amor nem a gravidade do mau comportamento do seu alvo, somos todas legais demais para a prisão por perseguição e prisão domiciliar.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review