quarta-feira, 22 de maio de 2013

Vingança

Postado por MissHachi7 às 17:46

"A vingança é um sentimento inteligente em mãos burras e desgovernadas". - Fabrício Carpinejar

   Toda vez. Olho para um porta-retratos e sinto meu pâncreas se contorcer. Meio que me arrependo de ter tirado fotos ao lado dele. Faz com que eu me sinta ainda mais traída. Temos sorrisos eternizados em papel, mas, no momento, acho que só pensamos nos momentos infernais que passamos juntos. Essa foto tem me dado náusea. Acabo pensando nas fotos que eles vão tirar nessas férias. 
   Ele foi embora há tão pouco tempo que a maior parte das roupas dele ainda está no guarda-roupa. Ainda estou meio em choque com o fato dele ter ido. Geralmente, quando estou frustrada, desabafo com ele! E agora? Engraçado. Não foi inesperado, mas também não achei que viria tão rápido. Ingênuo da minha parte. Quando uma mulher mais magra, mais simpática e mais jovem está no páreo, não é provável que homem algum espere muito. Bom, eu tinha alguma fé. Ou sou mesmo estúpida. Aceito os rótulos.
   Apesar de ser minha culpa (sim, porque tudo o que acontece num relacionamento é responsabilidade dos dois, meio a meio), eu não consigo só assumir a minha parte calmamente. À medida que a perplexidade está passando, vem vindo outro sentimento: raiva. Como ele ousa? Eu não sou tão bonita, nem tão gostosa, mas eu o conheço como ninguém! Eu o amo apesar de todas as falhas de caráter [que não são poucas], apesar de todo o tempo que já passou desde que nos conhecemos. 
   Isso faz sentido? Eu o amo tanto que preciso vê-lo arrependido por pisar nesse sentimento tão importante, tão lindo, tão grande. Idiota.
   Aposto que ele deixou alguns documentos aqui em casa. Se eu puser fogo em todo aquele lixo, será que vou presa? Não quero ir para a cadeia por causa dele. Como me vingar num nível não-criminoso? 
   Já sei.
   Pego o telefone. Uma mentirinha não vai matá-lo, e ainda me dará o prazer de arruinar sua viagem. Disco seu número, já rindo por dentro. Queria estar lá para ver a cara dele. Adeus, férias divertidas e lindas com amante filha da puta.
   - Alô? Roberto? Adivinhe. Estou grávida.
   Ouço a gagueira do outro lado e me sinto a pessoa mais malvada e brilhante da Terra. Mas espera, a náusea voltou. Preciso desligar e corro para o banheiro. Ah, não.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review