terça-feira, 8 de outubro de 2013

Desnecessário

Postado por MissHachi7 às 13:32
   Quando era mais nova, eu não conseguia deixar um livro inacabado. Mesmo que  a história fosse insossa, o enredo fosse uma bela porcaria confuso, lia até o fim, por vezes me sentindo até aliviada por poder devolvê-lo,  doá-lo ou vendê-lo. 
   Acredito que essa mania tosca de deixar todo tipo de lixo entrar na minha cabeça foi traduzida em ações, e analogamente, deixo muita treta entrar na minha vida por falta de seleção. Conheço alguma daquelas pessoas que fazem mal, mantenho-me no relacionamento até o fim. Até não ter mais jeito. Tento fazer dar certo. Tento ser a melhor amiga. Até um dos dois querer ser homicida.
   E apesar de reconhecer o quanto isso faz mal, ocupa tempo e gasta meu parco estoque de paciência, tenho uma dificuldade clara em me livrar desse tipo de gente. Não por tenacidade da parte delas, mas porque eu sou extremamente apegada. Eles dizem que o masoquista se apaixona quando criticado, né?
   Eu não consigo deixar ir, acho. Há uns dias eu deixei uma dessas pessoas... depois de muitos anos. E apesar de achar que estou melhor, sinto falta (ironia). Tanta coisa que eu devia deixar mas não quero (burrice). Tanta situação que eu não precisava mas insisto em lidar (à toa). 
Damn.



1 comentários:

Anônimo disse...

Com certeza você está melhor :D

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review