quarta-feira, 12 de março de 2014

Flashbacks da vergonha

Postado por MissHachi7 às 18:57


- tentando pegar um lápis do chão sem sair da cadeira e caindo de quatro, com carteira e tudo;
- cantando We are the world e não conseguindo alcançar as notas porque o medo estava fechando minha garganta;
- quebrando várias cadeiras de plástico no jardim de infância [sim, sentando nelas];
- a professora do jardim de infância me obrigando a usar cadeiras de metal em vez das coloridas e meus coleguinhas rindo de mim;
- respondendo a acenos que não eram pra mim [acontece mais do que eu gostaria seria normal];
- todas as broncas que já levei de todas as pessoas que eu conheço [da Leni até minha mãe, passando pelos diretores das escolas em que estudei e professores que nem me davam aula];
- contando pras pessoas que tinha abandonado o curso de psicologia;
- meus avós me consolando por não ser bonita com o fato de eu ser "inteligente";
- todas as vezes em que saí de casa com a camiseta do avesso ou virada pra trás;
- experimentando roupas em praticamente todas as lojas do maldito shopping e nenhuma servindo, delícia;
- aulas de natação;
- academia;
- interpretando [de zoeira] dramaticamente um texto no meio da aula, na sexta série, sem notar que a professora havia parado tudo e todos estavam me observando;
- respondendo às perguntas de "já passou no vestibular?";
- dando um selinho num colega que veio me cumprimentar [e ter que escutar os outros zoando a cara dele, como se me beijar fosse a coisa mais nojenta que alguém pudesse fazer];
- indo ao shopping de pijama porque "ninguém que eu conheço vai ao shopping a essa hora, foda-se" e encontrando praticamente todas as pessoas que eu conheço;
- respondendo perguntas simples complicadamente e parecendo uma idiota ["qual sua música favorita?" "bom, dependendo do meu estado de espírito isso pode variar, inclusive fica a cargo de onde estou ouvindo a música e se aconteceu alguma coisa antes de eu ir escutar, quer dizer, não tem como eu escolher assim, do nada, só que eu diria "no air", apesar de algumas vezes eu colocar "fuck you" do cee lo green, pra me sentir melhor, mas só se alguma coisa ruim tiver acontecido, aliás..."];
- pedindo atenção e sendo ignorada.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Casa da Hachi Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review